The private lives of Pippa Lee

A manha começou com The private lives of Pippa Lee. A manha começou cedo.

Uma das coisas mais complexas nessa vida é exactamente viver. Parece pleonástico mas é a verdade. Existir é diferente de viver. Pippa Lee descobre isso depois da morte do marido, depois de virar sleep walking e somente nesses momentos fazer o que realmente sentia vontade: comer chocolate, fumar, se apaixonar pelo lindo vizinho Keanu Reavers.

Pra mulher existir é ainda mais complicado. Algumas demoram um tempo enorme, ou nunca, pra descobrir que nao sao “coisas para os homens”. Mulheres assim sao cansativas demais. E tem sempre aquelas que fingem serem livres e conscientes mas no fundo no fundo ainda sao “para os homens”.

“Para os homens” significa quase que existir em funçao deles. De mudar de cabelo a mudar de continente, por eles. É um saco. Ser livre é exatamente perceber que existe uma escolha. Mulher para os homens é pequeno demais.

Uma longa divagação.

Teve jantar em casa ontem, eu estava cansada e acho que nao fui uma boa anfitriã. Preocupada demais com a tese, com a sempre iminência de  estar indo pra outro lugar. As malas ja estao quase prontas. Quase.

Existe sempre espaço entre os vaos.

k

Advertisements

2 thoughts on “The private lives of Pippa Lee

  1. engraçado que eu mudei de continente por causa de um homem, e amanhã vou cortar o cabelo por causa do mesmo. existem outras causas para ambas ações, mas se não fossem por essas causas, talvez eu estivesse no mesmo continente e não cortasse o cabelo. mas tudo isso exatamente no sentido oposto ao seu comentário.. serei eu uma super feminista?, rs.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s