o que foi.

No final das contas o que foi nao é mais. As pessoas que nao abracei, as festas que nao fui, as drogas que nao usei. Ja passou. Nao pode mais ser. Porém a vida é assim uma escada caracol, pra cima ou pra baixo o movimento é o mesmo, muda a direçao. De formas que ao invés de choramingar o que nao pude fazer, vou é guardar energias pra fazer agora. Outros amigos pra abraçar, outras festas pra ir e provavelmente as mesmas drogas pra experimentar, rs. Este dia me faz pensar no Borges, me faz pensar o Foucault, e me faz repensar eu mesma. Aquele momento de introspecção tao necessário as vezes.

 
A gente so entende a dimensão da vida ao envelhecer.  Esse é o problema de ser jovem. Problema

que talvez seja solução, que talvez seja o que keep us dreaming. Hoje eu vi por ai escrito dream big. E a charlotte, cachorra da vizinha, me reconheceu na ria e veio sentar ao meu lado num banquinho no parque. Bem, no fundo no fundo a grande verdade é que a solidão é a condição humana. É por isso talvez que existam os cachorros.

K

Advertisements

3 thoughts on “o que foi.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s